27 Jan 2020
Visitas: 485
Print

not-andre-sousa-fidalgo-r3Sucedem-se os resultados surpreendentes no Portugal Open 2020 e, à terceira jornada do maior e mais forte torneio de xadrez português, que decorre no Complexo do Casal Vistoso, em Lisboa, o grupo de líderes já é bastante reduzido. São 13 os jogadores que seguem na frente, com três vitórias correspondentes a três pontos, entre eles dois portugueses, o mestre internacional André Sousa e o mestre nacional André Fidalgo.


A firma André & André assume-se assim como uma representação bem sucedida, que reflete bem a força na nova geração do xadrez português. Na terceira jornada, André Sousa, de 19 anos e atual campeão nacional absoluto, bateu o brasileiro Guilherme Deola Borges, um forte jogador radicado em Portugal - que na segunda ronda havia surpreendido tudo e todos ao vencer o grande mestre italiano Andrea Stella -, enquanto André Fidalgo, de 20 anos, superou o experiente grande mestre argentino Daniel Campora.


Além da brilhante vitória, Fidalgo ficou mais perto do objetivo de sair do Portugal Open com o título de mestre FIDE, que conseguirá assim que atingir o ranking Elo de 2300 pontos. Atualmente, André Fidalgo possui 2282 pontos Elo.


A terceira jornada trouxe resultados com que poucos contavam. Os três primeiros da tabela, por exemplo, cederam empates a xadrezistas menos cotados, o que demonstra quão competitiva está esta edição de 2020 do Portugal Open. Assim, os grandes mestres Alexander Motylev (Rússia), Aryan Tari (Noruega) e Karen Grigoryan (Arménia) tiveram de dividir o ponto, respetivamente com os mestres internacionais Ismael Alshameary Puente (Espanha), Justin Sarkar (Estados Unidos) e Nail Bashirli (Azerbaijão).


No grupo dos 14.ºs classificados, com 2,5 pontos – apenas um empate cedido – estão mais três portugueses, os mestres internacionais Rui Dâmaso e António Fróis e o jovem mestre FIDE Francisco Veiga, mais um valor da nova geração, que na terceira jornada logrou empatar com o forte mestre internacional norueguês Benjamim Haldorsen (2463 pontos Elo).


O Portugal Open 2020 decorre até ao dia 1, sempre com rondas diárias, a partir das 19 horas. A nona e derradeira jornada, no sábado (dia 1) inicia-se às 14 horas. Participam nesta edição do open 220 jogadores, de 34 países.


Classificação: 1,ºs Nikita Petrov (GM, Rússia), Vugar Asadli (GM; Azerbaijão), Igor Janik (MI, Polónia), Evgeny Alekseev (GM, Rússia), Aleksandar Indjic (GM, Sérvia), Jesus Martin Duque (MI, Espanha), Piotr Goluch (MI, Polónia), André Sousa (MI, Portugal), Aref Vasli (MF, Irão), Kamil Stachowuak (MI, Polónia), Lucasz Butkiewicz (MI, Polónia), André Fidalgo (MN, Portugal) e Eduardo Iturrizaga (GM, Venezuela), 3 pontos; 14.ºs Francisco Veiga (MF, Portugal), Rui Dâmaso (MI, Portugal) e António Fróis (MI, Portugal), 2,5.