Está em...
25 Set 2015
Visitas: 1063
Print
Email

Voltamos a entrevista dois irmãos muito ativos no xadrez, agora da zona de Coimbra, o Miguel e o João Pedro Fernandes. Os jovens de 18 e 14 anos anos, que na próxima época passam para o escalão de Sub-20 e Sub-16, estão atualmente na Associação Académica de Coimbra, clube que ajudaram a chegar ao 3º lugar coletivo no CN Jovens 2014/2015 que se realizou no Luso, terminando o Miguel em 8º nos Sub-18 e o João Pedro nos Sub-14. São mais dois exemplos de aplicação no Xadrez e grande atividade, somando os dois 199 partidas para Elo FIDE na última época. E prometem mais atividade na próxima época, continuando o crescimento como jogadores que tem tido ano após ano.


1. Como começaste a jogar xadrez? Como te iniciaste na modalidade federada?
Miguel: Aprendi a jogar xadrez com um colega da escola quando tinha 9 anos. Mais tarde, nesse ano, o treinador da Académica (Bruno Pais) foi à minha escola ensinar xadrez e eu decidi inscrever-me. No final, ele acabou por me convidar para a Académica e comecei assim no xadrez federado.
João Pedro: O meu irmão ensinou-me a jogar xadrez quando eu tinha seis anos e, pouco tempo depois, segui-lhe os passos e entrei para a AAC.

2. O que pensas da realidade do xadrez hoje em dia?
Miguel: Penso que há poucos torneios de lentas, talvez também porque não haja condições financeiras para os fazer. Isto prejudica os jogadores, que têm de se deslocar para longe para puder jogar. No entanto, penso que a situação vai melhorar, pois vejo as pessoas empenhadas em fazer mais e melhor mesmo com poucos recursos.
João Pedro: Eu penso que a qualidade do xadrez em Portugal está a evoluir, mas podiam existir mais torneios.

3. Qual foi o torneio que mais gostaste de participar? Qual foi o melhor resultado que conseguiste na tua carreira xadrezística?
Miguel: É difícil nomear um único torneio que seja aquele do qual eu gostei mais, mas sem dúvida que gostei muito do meu primeiro nacional de jovens, na Figueira. Aí não fiz bons resultados, mas ver tantos jogadores da minha idade juntos e tantos melhores que eu, fez-me querer jogar mais e melhor. Os meus melhores resultados foram a vitória no I Torneio FIDE de Alcobaça, em 2013 e o 3º lugar no Nacional de Jovens do ano passado.
João Pedro: O torneio em que mais gostei de participar foi o Torneio Internacional de La Roda (2015), por ser um torneio de altíssima qualidade. Os melhores resultados que eu consegui na minha carreira xadrezística foram sagrar-me campeão nacional de semi-rápidas de sub 14 e ficar em segundo lugar no nacional de lentas de sub 12.

4. Quais são os seus hobbys para além do xadrez?
Miguel: Além do xadrez gosto de ler e estar no computador, também pratiquei ténis durante vários anos.
João Pedro: Para além do xadrez também gosto de jogar computador, playstation, futebol e de conversar com os meus amigos.

5. Quais são os seus planos a médio/longo prazo no xadrez e objetivos para a nova época de 2014/2015?
Miguel: No xadrez tenho como objetivo atingir a maior força de jogo possível. Pretendo passar dos 2200 dentro dos próximos 3 anos. Esta época tenho como objetivo chegar perto dos 2000 e fazer uma boa prestação no nacional de jovens.
João Pedro: O meu grande objectivo para esta época é ficar nos primeiros lugares do Nacional de Jovens e espero um dia chegar aos 2300 de elo FIDE.


 

Provas em Direto

 

PROVAS | Resultados

  • 2017/10/22 SuperTaça Resultados
  • 2017/10/21 Campeonato Nacional de Jovens Semi-Rápidas Resultados
  • 2017/10/15 Taça Nacional das Associações 2016/2017 Resultados

Calendário 2016/2017 (Atualização 2017/10/16) Calendário

COMUNICADOS

Suspensão do Campeonato Nacional de Seleções Distritais Normal 0 21 false false false PT X-NONE X-NONE

Membro

fide-pb

ECU

fibda