Está em...
23 Jun 2015
Visitas: 1423
Print
Email

Os próximos entrevistados são os irmão Fidalgo, André e Daniel, de 16 e 12 anos respetivamente, que estão no último ano dos respetivos escalões de Sub-16 e Sub-12. Os dois jovens do Santoantoniense FC, que na época passada ajudaram a equipa a ser promovida para a 1ª Divisão do CN Equipas, continuam em grande atividade nesta época, somando cada um deles já os títulos de Campeões Nacionais de Jovens de Partidas Rápidas 2014/2015 e Campeões de Jovens do Distrito de Setúbal 2014/2015, preparando-se para atacar o Campeoanto Nacional de Jovens 2014/2015 que se realiza de 22 a 26 de julho no Luso. O André soma também o título de Campeão Nacional Escolar em 2014/2015, conquistado a 16 de maio. O André com os seus 1975 pontos de Elo é o 3º jovem Sub-16 com mais Elo, enquanto o Daniel figura no 2º posto dos Sub-12, com 1789. Vamos conhecê-los um pouco melhor.



1. Como começaste a jogar xadrez? Como te iniciaste na modalidade federada?
André: Comecei a jogar xadrez, aos 10 anos, na escola e fui apresentado ao xadrez federado, quando, num torneio interescolar, perdi contra um rapaz que me disse que jogava no CRC Cavaquinhas, e como sempre fui muito competitivo, inscrevi-me no clube, com o objetivo de ganhar os interescolares.
Daniel: O meu irmão ensinou-me a jogar e eu gostei. Quando o meu irmão se inscreveu no CRC Cavaquinhas , eu também me quis inscrever. Tinha seis anos e meio. Os treinos foram importantes para a minha evolução, mas o facto de participar em muitos torneios foi fundamental também.

2. O que pensas da realidade do xadrez hoje em dia?
André: Neste momento o xadrez em Portugal vive uma fase muito má, e está a ser afetado pela crise económica tornando mais difícil a existência de torneios fortes e competitivos. Apesar disso há muitas pessoas a tentar impulsionar e divulgar o xadrez em Portugal e penso que se continuarem há um bom futuro para o xadrez em Portugal.
Daniel: Como refere o meu irmão, o xadrez foi afetado pela crise económica. Cada vez, há menos torneios e é uma pena.

3. Qual foi o torneio que mais gostaste de participar? Qual foi o melhor resultado que conseguiste na tua carreira xadrezística?
André: O torneio que mais me marcou talvez tenha sido o último Open internacional Damiano de Odemira, pois tinha começado a jogar há pouco tempo e não fazia ideia que o xadrez podia reunir tantas pessoas. Penso que poderá ter-me marcado tanto porque foi o último que existiu e o único que eu fui. Apesar de já ter ganho alguns torneios considero o meu melhor resultado o 2º lugar no nacional sub-16 do ano passado, porque me ajudou a evoluir.
Daniel: O torneio em que eu mais gostei de participar foi o meu 1º nacional de jovens. O melhor resultado que consegui na minha carreira foi quando fiquei em 2º lugar num torneio chamado Setúbal Fide Chess Open.

4. Quais são os seus hobbys para além do xadrez?
André: Para além de jogar xadrez, gosto de estar com os amigos, jogar futebol ou jogar playstation com o meu irmão.
Daniel: Para além de jogar xadrez, gosto de estar com os amigos, jogar ténis de mesa e playstation com o meu irmão.

5. Quais são os seus planos a médio/longo prazo no xadrez e objetivos para a nova época de 2014/2015?
André: Neste momento estou concentrado em melhorar a minha força de jogo mas a longo prazo gostava de atingir os 2300 de elo. Para a nova época o meu principal objetivo é ser campeão nacional de sub-16.
Daniel: Neste momento tento melhorar a minha força de jogo para conseguir alcançar a longo prazo os 2400 de elo. Para a nova época de 2014/2015 o meu principal objetivo é conseguir o título de campeão nacional de sub-12.

Provas em Direto

 

PROVAS | Resultados

  • 2017/10/21 Campeonato Nacional de Jovens Semi-Rápidas Resultados
  • 2017/10/15 Taça Nacional das Associações 2016/2017 Resultados
  • 2017/10/08 CirNC III Torneio Internacional Cidade do Barreiro Resultados

Calendário 2016/2017 (Atualização 2017/10/16) Calendário

COMUNICADOS

Suspensão do Campeonato Nacional de Seleções Distritais Normal 0 21 false false false PT X-NONE X-NONE

Membro

fide-pb

ECU

fibda