16 Set 2019
Visitas: 1027
Print

podio-absolutpO mestre internacional André Ventura Sousa, da Academia de Xadrez de Gaia, sagrou-se pela segunda vez campeão nacional, após uma das finais mais renhidas de sempre, disputada no Teatro Municipal de Portimão (TEMPO) e inserida nas atividades da Cidade Europeia do Desporto.


Depois de, em 2017, ter conseguido, aos 17 anos, o feito de se tornar no mais jovem campeão de sempre, André Sousa, agora com 19 anos, conquistou nova coroa nacional, feito que junta a um saboroso acesso direto para um lugar cativo na seleção nacional nas Olimpíadas do próximo ano.


André somou 6,5 no torneio de Portimão e terminou a final isolado na frente, pois beneficiou da derrota do mestre internacional Paulo Dias (A.Xat) frente ao grande mestre Luís Galego (Assembleia Figueirense) e do empate do mestre internacional Rui Dâmaso (A.Xat) perante o grande mestre António Fernandes (AX Portugal).


Rui Dâmaso e Luís Galego terminaram a prova a meio ponto do vencedor, tendo o mestre internacional da A.Xat ficado com o segundo lugar, por beneficiar de melhores contas no desempate.


De destacar o bom torneio do jovem André Fidalgo (Santoantoniense), que somou 5 pontos e terminou na quinta posição. Fidalgo está agora mais perto de atingir o título de mestre FIDE.


9.ª JORNADA – RESULTADOS:
João Leonardo (MF, Academia A.Xat)-Pedro rego (MF, A.Xat Montemor-o-Novo), 1-0;
André Fidalgo (MN, Santonatoniense)-Sérgio Rocha (MI, Barreirense), empate;
André Ventura Sousa (MI, AX Gaia)-José Francisco Veiga (MF, EX Porto), 1-0;
Paulo Dias (MI, A.Xat Montemor-o-Novo)-Luís Galego (GM, Assembleia Figueirense), 0-1;
António Fernandes (GM, AX Portugal)-Rui Dâmaso (MI, A.Xat Montemor-o-Novo), empate.


CLASSIFICAÇÃO FINAL:
1.º André Ventura Sousa, 6,5
2.º Rui Dâmaso, 6
3.º Luís Galego, 6
4.º Paulo Dias, 5,5
5.º André Fidalgo, 5
6.º António Fernandes, 5
7.º Sérgio Rocha, 3,5
8.º José Francisco Veiga, 3,5
9.º João Leonardo, 2,5
10.º Pedro Rego, 1,5.